22 de Março de 2017 / 09:51 h

BARRA DO BUGRES

Botelho propõe realizar mutirão com ações de cidadania junto com Tribunal de Justiça

Outro assunto tratado foi a retomada da obra do Fórum de Barra do Bugres e o presidente do TJ garantiu que em breve será reiniciada

Por TATI MEDEIROS E ALLINE MARQUES / Assessoria da Presidência

A retomada das obras do Fórum de Barra do Bugres e realização de um mutirão com ações de cidadania foram assuntos debatidos durante reunião realizada na tarde desta terça-feira (21) com a participação dos presidentes da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos, da Câmara Municipal, Jonas Manoel de Souza, e o prefeito da cidade, Raimundo Nonato (PSB).

Uma visita ao município ficou agendada para a próxima semana em que o deputado e o desembargador deverão olhar a obra e ainda definir uma data para que o mutirão aconteça na cidade com pouco mais de 30 mil habitantes.

O presidente do TJ, informou que desde fevereiro já havia iniciado as tratativas com as empresas responsáveis pelas obras e aguardam um item necessário para o andamento da construção. De acordo com ele, a expectativa é de que até semana que vem este material chegue e a obra seja retomada.

“Temos uma preocupação com a comarca de Barra do Bugres que tem muito movimento, nos interessa bastante preocupa do ponto de vista da prestação jurisdicional, e também de modo das melhorias das condições do processo judicial eletrônico, que demanda também atuação junto às empresas de velocidade de internet. É uma comarca antiga, cidade importante e que merece todo interesse do Tribunal de Justiça do ponto de vista institucional”, afirmou o desembargador.

Durante a reunião com o presidente do TJ, o deputado Botelho sugeriu a realização de um mutirão com ações de emissão de documentos, casamento comunitário e outros serviços de cidadania para atender a população da região. Ele também ficou satisfeito com a notícia de que a obra do Fórum será retomada em breve.

“Iremos fazer uma visita ao município já na próxima semana para acertar a data do mutirão. Quero estar junto e levar o que a população precisa neste momento e fazer acreditar no poder público”, afirmou Botelho.

O prefeito comemorou a informação de retomada das obras e contou que a estrutura está abandonada e acaba sendo usada por usuários de drogas. Ele agradeceu o respaldo do presidente da Assembleia que auxiliou na interlocução com o Poder Judiciário. “Esta é mais uma conquista para o nosso município e vou poder voltar para casa feliz”, enalteceu.

Foto: Maurício Barbant/Assessoria da Presidência