02 de Maio de 2017 / 15:00 h

CUIABÁ QUE QUEREMOS

AL debate nesta quinta-feira ‘Cuiabá 300 anos’ na Ucamb

Após discussões ampliadas, Botelho irá propor emendas e indicações que consolidem os benefícios solicitados

Por ITIMARA FIGUEIREDO/ Assessoria da Presidência

Mais uma rodada de debates para definir ações a serem implementadas no projeto “Cuiabá 300 anos” será realizada, nesta quinta-feira (19), em audiência pública, às 19 horas, na sede da União Cuiabana da Associação de Moradores de Bairros (UCAMB), localizada na Avenida XV de Novembro, nº 444. De iniciativa do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), objetivo é ouvir as lideranças comunitárias e sociedade em geral sobre as prioridades para a Capital mato-grossense.

No mês passado, o debate contemplou os moradores do Coxipó, quando tiveram a oportunidade de propor melhorias para os bairros que compõem a região. Botelho defende que a ideia é fundamental para definir ações que melhorem todos bairros. E conclama a participação de representantes das associações, da Câmara de Vereadores e sociedade em geral.

“Queremos preparar a cidade para os 300 anos. Por isso, estamos ouvindo as lideranças e moradores para saber o que realmente almejam para a nossa Capital. É importante que nos mostrem o que pensam e nos ajudem a buscar o melhor para Cuiabá”, destacou Botelho.

Após a discussão ampliada em todas as regiões, Botelho irá propor emendas e indicações que consolidem os benefícios solicitados nessas reuniões.

De acordo com o presidente da Ucamb, Édio Martins, a audiência é fundamental à aproximação da Casa de Leis aos líderes comunitários. “É muito importante porque aproxima do movimento nos bairros e reascende as esperanças de melhoria, atendendo setores prioritários, especialmente dos bairros mais carentes que necessitam de investimentos em Segurança Pública, saneamento básico, transporte, dentre outros. A Ucamb está de portas abertas para a Assembleia Legislativa, na pessoa do deputado Eduardo Botelho. Será uma honra recebe-los”, afirmou Martins.

Mais informações
Assessoria de Imprensa da Presidência
Fones: 3313-6572/ 6296

 

Fotos: Maurício Barbant