14 de agosto de 2017 / 08:32 h

Projeto Educação Legislativa encerra sua edição em VG

Por LAÍS COSTA MARQUES / Secretaria de Comunicação

A sexta edição do projeto “Educação Legislativa em Movimento” foi realizada quinta e sexta-feira (10 e 11) na Escola Estadual de Ensino Médio Adalgisa de Barros, em Várzea Grande. Pela primeira vez no município, mais de 1,5 mil estudantes participaram de palestras sobre a história do Poder Legislativo, política, prevenção a drogas, educação ambiental e apresentações culturais.

O encerramento do evento aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira, com o palco cultural aberto para os estudantes. O evento é realizado pela Escola do Legislativo, Instituto Memória, pela presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e gabinete do deputado Wancley Carvalho (PV).

Para o coordenador da Escola do Legislativo, Thales Roder, o “Tá sabendo legal”, como o projeto é chamado, tem o objetivo de aproximar a ALMT da sociedade por meio dos jovens. “Este é o primeiro contato. Depois de apresentar as áreas e os trabalhos realizados na Assembleia, convidamos esses jovens para conhecer e participar mais”, explica o coordenador.

O professor de História da escola Adalgisa de Barros, Adelson Pereira Lima, destacou a importância de a Asssembleia ir até os estudantes, tanto do ponto de vista político quanto pedagógico. “Em um momento em que a política atravessa um período tumultuado, que muitos jovens estão desacreditados, mostrar o trabalho da Assembleia e convidar para o debate é muito importante. Estamos aqui para desenvolver a consciência crítica dos alunos”.

E a iniciativa tem efeito imediato. O aluno Wagner Martins, 15, afirma que desconhecia o trabalho da Assembleia. “Não sabia o que um deputado fazia, achava que a Assembleia só produzia leis”, revelou o aluno.

O representante do deputado Eduardo Botelho (PSB), presidente da ALMT, Amarildo Monteiro, afirmou que este projeto busca levar informação e conhecimento para os jovens. “Só com a educação é possível mudar uma realidade. Temos que valorizar a escola, porque sem ela não chegamos a lugar nenhum”.

Para Gabriel Guilherme, palestrante e representante do deputado Wancley Carvalho (PV), a Assembleia mostra com esta iniciativa seu compromisso com os jovens e com a qualidade da educação pública no estado.

Moradora do loteamento Santa Maria, no Jardim Costa Verde, a aluna do 3º ano, Juliana Angel da Silva Garcia, 17 anos, sonha com o curso de Direito e aproveitou as palestras. “Esse evento foi maravilhoso porque a maioria aqui reclama da rotina escolar. Então, quando tem uma ação cheia de opções para estudarmos é ótimo. Eu, por exemplo, adorei a palestra sobre a Era Vargas, matéria que sempre cai no Enem”, comemorou.

Apresentações – Para encerrar, o projeto reúne no palco os talentos das escolas por onde passa. Em Várzea Grande, a banda marcial formada pelos estudantes abriu as apresentações. Depois ainda teve muita dança e música com os alunos inscritos.

Este ano, o “Educação Legislativa em Movimento” ainda deve passar por dez escolas. As edições são intercaladas entre uma na Baixada Cuiabana e outra no interior do estado.

 

Fotos: MAURÍCIO BARBANT