20 de outubro de 2017 / 10:45 h

SOLENE

Administradores recebem moção e títulos na Assembleia Legislativa

Comemoração é o reconhecimento dos 52 anos da regulamentação da profissão em MT e pelos 27 anos da fundação do CRA

Por   ITIMARA FIGUEIREDO – Assessoria de Imprensa da Presidência

Ao som do Coral da Assembleia Legislativa, sob a regência do maestro Carlos Taubaté, administradores de empresas receberam moção de congratulação e títulos de Cidadão Mato-grossense, na noite desta quinta-feira (19.10), no Plenário Deputado Renê Barbour, numa homenagem do presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (PSB).

A reverência destacou os 52 anos da regulamentação da profissão em Mato Grosso e os 27 anos da fundação do Conselho Regional de Administração – CRA/MT. Ao entregar as homenagens, Botelho ressaltou a importância da profissão para o desenvolvimento do estado. Disse que é uma classe fundamental para o gerenciamento das ações tanto na iniciativa privada, quanto a pública.

“A administração é importantíssima, ela é o catalisador da economia, que transforma os recursos em ações de controle dos gastos e gerenciamento dos recursos. Por isso, nosso reconhecimento aos profissionais, inclusive, aos primeiros administradores que chegaram em Mato Grosso e trabalharam arduamente pelo desenvolvimento da nossa terra”, afirmou o parlamentar.

O presidente do CRA/MT, Hélio Tito Simões Palma de Arruda, agradeceu a participação da categoria nos debates da ALMT. “O deputado Botelho e demais parlamentares sempre nos prestigiam nos debates. Participamos das Câmaras Temáticas e várias comissões da AL debatendo projetos importantes para Mato Grosso, como a PEC do Teto dos Gastos Públicos. Cada vez mais a administração será necessária no setor público, em especial, para Mato Grosso”, ressaltou.

Da mesma forma, o presidente do Conselho Federal de Administração Wagner Siqueira destacou o papel profissional da categoria. “Em nome da classe, recebo essa homenagem com muito carinho. Não há país subdesenvolvido, há país mal administrado. Muito pior do que a corrupção que se fala tanto, e sei das suas consequências nefastas para o Brasil, é a má gestão, que possibilita o desperdício, mau uso dos recursos públicos, maus investimentos. É efetivamente uma variável fundamental no processo de degradação da sociedade brasileira. Administrar é a responsabilidade básica do administrador. Portanto, nosso conselho, refletindo a comunidade profissional em todo o Brasil, deve estar sempre preocupado com isso”, afirmou.

A administradora Dalva Beatriz Ferraz Cardoso ressaltou a homenagem recebida. “Fico muito grata porque é o reconhecimento à nossa profissão, à nossa classe, que muito tem feito por esse estado. O administrador é uma profissão muito rica, contribui para o desenvolvimento empresarial e de pessoas. É preciso ter visão ampla, sistêmica porque uma organização abrange todas as áreas seja na de tecnologia, compras, e principalmente pessoas, sem pessoas não se constroi nada”.

Professor e coordenador do curso de Administração da Unemat, doutor em Administração, Ronald Pires da Silva, destacou o evento. “Nos deixa muito feliz e emocionado porque são 11 anos de história em Mato Grosso, onde a gente vem aprendendo bastante e crescendo nesse estado porque trabalhamos na área de Educação e sabemos o quanto é importante para o país”.

 

 

Fotos: MAURÍCIO BARBANT/ ALMT