12 de dezembro de 2017 / 11:04 h

REVERÊNCIA

Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá é homenageada na ALMT

Noite também foi abrilhantada com lançamento do livro em homenagem ao Seo Fiote

Por ITIMARA FIGUEIREDO – Assessoria de Imprensa da Presidência

A noite desta segunda-feira (11.12) foi marcada pelas importantes homenagens realizadas que reuniram personalidades que marcaram época. Uma sessão solene para reverenciar os 200 anos da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), e o lançamento do livro Seo Fiote – Um Homem de Palavra, de autoria do historiador João Carlos Vicente Ferreira.

Botelho fez questão de homenagear a unidade hospitalar, que faz parte da história mato-grossense. A Santa Casa, segundo o deputado, tem papel fundamental e se tornou referência na área de saúde dos moradores de Cuiabá e do interior do estado. No evento, as personalidades, que não medem esforços para manter o hospital funcionando, receberam Moção de Congratulação.

Um deles, o cirurgião pediátrico, que atua no hospital desde 1978 e, atualmente é o presidente da Santa Casa, Antônio Preza, destacou a trajetória. “É uma história de muita dificuldade e de muita superação durante esses 200 anos. Temos quase 800 funcionários, realizamos cerca de mil internações por mês, ou seja, é um hospital de grande porte, que está bastante integrado à comunidade cuiabana e mato-grossense”, disse Preza.

Informou, ainda, o empenho da diretoria para driblar a crise financeira e conseguir realizar em média 60 cirurgias por dia, nas 10 salas do Centro Cirúrgico, considerado um dos mais modernos e que foi reformado através de doações e emendas parlamentares das bancadas estadual e federal.

Outro grande empreendimento em curso é a Clínica da Mulher, projeto articulado através de emenda parlamentar, que deverá ser consolidado em breve. “Essa clínica é importante e é fruto de emenda do presidente Botelho. Esperamos receber esse recurso para começarmos a obra desse ambulatório que dará atenção integral à saúde da mulher, atendendo a rede particular e do SUS”, comemorou Preza.

Também presente na solenidade, Dom Milton, arcebispo da Arquidiocese de Cuiabá, que celebrou a missa alusiva aos 200 anos, no último dia 8, destacou a grande ligação da Igreja Católica com a Santa Casa de Misericórdia e a importância da homenagem. “Nesta Casa as leis nascem e precisam amparar principalmente a Saúde. Não tenho em mente toda a história desses 200 anos da Santa Casa, mas deve ter sido uma grande aventura porque sabemos a situação da área de Saúde no Brasil e no nosso querido Mato Grosso. Então, torço para que essa celebração seja mais uma alavanca para melhorar o setor”.

Botelho disse que o evento é o reconhecimento sobre a importância dessa tradicional unidade hospital. Lembrou que todos os cuiabanos passaram pela Santa Casa de uma forma ou de outra, seja com parente doente, seja nascendo ou em tratamento.

“Comigo não foi diferente, pois passei por lá com a minha avó, minha mãe, também fui operado lá. Então, os cuiabanos mais antigos têm uma história com a Santa Casa, hospital que ajuda muito a saúde pública de Mato Grosso. Quando não tinha nada aqui, tínhamos a Santa Casa para cuidar das pessoas. Até hoje é muito importante para o estado, com excelente trabalho de filantropia. Essa homenagem é o reconhecimento a esses préstimos que a Santa Casa vem fazendo em Mato Grosso”, ressaltou Botelho.

SEO FIOTE – Paralelamente à celebração dos 200 anos da Santa Casa de Misericórdia, a ALMT sediou o lançamento do livro “Seo Fiote – Um Homem de Palavra”, de autoria do historiador João Carlos Vicente Ferreira. Com 241 páginas sobre a vida empreendedora e política de Júlio Domingos de Campos, popular Seo Fiote, pai dos ex-governadores e senador Júlio e Jayme Campos.

Evento que Botelho também fez questão de prestigiar. Disse que teve a honra de conhecer Seo Fiote, em Jangada. Considera uma figura lendária de Mato Grosso diante à trajetória que construiu.

“Conheci muito Seo Fiote lá na Jangada, minha família toda tinha relação com ele, aliás, até comercializava. É como o governador Pedro Taques gosta de falar que comprava leite ninho e leite condensado. Então, é uma figura que realmente merece essa homenagem, esse livro, essa lembrança de grande homem que foi Seo Fiote. Criou grandes governadores Júlio e Jayme Campos, também foi prefeito de Várzea Grande. Seo Fiote é uma lenda, um mito, um ícone, de grande sabedoria”.

Mais informações
Assessoria de Imprensa da Presidência
Fones: 3313-6572/ 6296/ 99952-1211

 

 

 

Fotos: Maurício Barbant - Assessoria de Imprensa da Presidência