22 de Fevereiro de 2018 / 16:17 h

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Quatro municípios de MT integrarão a Rede Legislativa de TV Digital

Rádio AL terá mais tempo para programação local

Por MAIRA FRANCISCA DOS SANTOS NIENOW / Secretaria de Comunicação Social

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso recebeu, na manhã desta quarta-feira (21), a visita do secretário de Comunicação da Câmara Federal, deputado Márcio Marinho (PRB-BA), que anunciou a inclusão de quatro câmaras municipais nas transmissões da TV Legislativa e a mudança na programação da Rádio AL, que vai garantir mais espaço para veiculação da programação local. O secretário veio conhecer as instalações das emissoras de rádio e TV ALMT, além de discutir parcerias.

“A comunicação é muito importante para dar mais transparência e fortalece o Poder Legislativo. E o nosso objetivo aqui é fortalecer cada vez mais a parceria da Câmara Federal com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e também expandi-la para os municípios do estado, para que as pessoas que moram nos lugares mais distantes possam acompanhar os acontecimentos políticos”, destacou o secretário.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho, falou da importância desta parceria e do trabalho que está sendo feito para ajudar a ampliar o alcance da rede legislativa, para que as câmaras municipais passem a integrar a programação. “Estamos discutindo a possibilidade de ampliar o sinal da TV para outros municípios com a estrutura que já temos. É muito importante aumentar esse alcance para que a população de todo estado veja o trabalho do parlamentar e acompanhe as ações do Legislativo”, declarou Eduardo Botelho.

Segundo o superintendente da TV ALMT, Wanderley Oliveira, a Casa de Leis já se destaca por ser pioneira em constituir uma rede de comunicação com TV e rádio e a primeira a fazer transmissão em full HD. “E como para este ano está prevista a liberação de mais de quinhentas outorgas de rádio e TV para assembleias e câmaras municipais de todo país, tudo que for feito aqui vai servir de modelo para aquelas que estão se preparando para integrar a rede”, explicou. Em Mato Grosso, quatro municípios se preparam para iniciar as transmissões: Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis e Barra do Garças.

Já para o superintendente da Rádio AL, Jaime Neto, a mudança vai atender melhor aos anseios dos ouvintes da emissora. Essa flexibilização na grade da rede legislativa, principalmente pela parte da manhã, vai permitir uma programação mais voltada aos ouvintes locais, sem tantos recortes com inserções da programação de Brasília. “Além de fazer as transmissões ao vivo das sessões ordinárias matutinas”, comemorou o jornalista.

“A mudança se dá mais porque o cidadão passa a ter informação direta da fonte a fim de que ele mesmo possa acompanhar de perto tudo que acontece e construir opinião sobre as discussões e ações políticas realizadas pelos parlamentares”, afirmou o secretário.

A TV e a Rádio Assembleia do Mato Grosso têm sua programação veiculadas em canal aberto, em conjunto com a Câmara Federal e também o Senado, formando a Rede Legislativa. Em determinados horários são transmitidos programas de Brasília e em outros entra a programação local, com entrevistas e reportagens produzidas pelos profissionais de comunicação da Assembleia Legislativa do Mato Grosso.

 

Fotos: MAURÍCIO BARBANT