08 de junho de 2018

CULTURA

Festa junina da Assembleia celebra a tradição e a devoção da comunidade

A festança de São João reuniu servidores públicos, familiares e visitantes que puderam curtir música regional, dança e cardápio diversificado

Por Lais Costa Marques / Secretaria de Comunicação Social ALMT

Alegria e animação marcaram a festa junina da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nessa quinta-feira (07), no estacionamento do Teatro Zulmira Canavarros. A celebração, que já virou tradição na região do Centro Político Administrativo (CPA), abriu o calendário 2018 das comemorações caipiras e homenagens aos santos juninos.

A festança de São João reuniu servidores públicos, familiares e visitantes que puderam curtir música regional, dança e um diversificado cardápio. Os shows foram abertos com apresentações do grupo de cururu e siriri de Poconé, da banda Rasqueia e do trio Pescuma, Henrique e Claudinho, no encerramento da noite. Os servidores da Assembleia também se apresentaram, primeiramente com o grupo de siriri, e depois na tradicional festa junina.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) abriu os festejos destacando a dedicação dos organizadores. “Gostaria de agradecer o empenho para realizar essa festa tão bonita. Este é um momento de confraternização dos servidores com a comunidade”.

A superintendente do Instituto Memória do Poder Legislativo, Mara Visnadi, conta que os servidores que trabalham na Assembleia e nos demais órgãos e empresas já esperam pela festa todos os anos. “A festa junina é uma tradição cultural e a Assembleia organiza este evento aberto à sociedade mato-grossense com muita música, dança e alegria. A venda de comidas e bebidas é feita por servidores que se inscrevem e entidades filantrópicas”.

A Associação de Espinha Bífida de Mato Grosso ficou responsável pelas bebidas e a renda será utilizada para compra de fralda para as crianças. Lorraine Costa, mãe de um associado, conta que a entidade depende exclusivamente de doações. “A Associação busca auxiliar os associados a conseguirem tratamento e também com suprimentos, como fraldas e sondas, que são as principais despesas das famílias”.

A recém-aposentada da Assembleia, Dione Macedo, participa das festas juninas desde quando aconteciam na antiga sede, no centro da capital. “Sempre participei das festas, das danças e este abo vou dançar o siriri. É uma confraternização que não poder deixar realizar”, afirma dona Dione.

Para o pequeno Arthur Torquato, 09, as comidas são os principais atrativos da festa. “Eu gosto de tudo e hoje vim comer hambúrguer”, revela entre uma mordida e outra.

O deputado estadual José Domingos Fraga (PSD) destacou que, ao proporcionar uma aproximação dos servidores, deputados, familiar e comunidade, é possível ouvir sugestões e analisar como as demandas podem ser atendidas. “É uma oportunidade de conversar com as pessoas, trocar ideia e levar isso para o gabinete. Sem falar que é uma festa muito bonita e de devoção aos santos”.

A festa contou com presença de servidores de todos os setores da Assembleia e ainda dos deputados Oscar Bezerra (PV) e Gilmar Fabris (PSD).

Fotos: JLSIQUEIRA / ALMT