30 de abril de 2019

O TRABALHO E O TRABALHADOR

Por Eduardo Botelho, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa licenciado

Nada é mais inclusivo que o trabalho remunerado. O trabalho tem papel fundamental na vida de uma pessoa. Ele estabelece a ocupação, a remuneração, o planejamento, garante a identidade existencial e faz o trabalhador sonhar com dias melhores.

Trabalho remunerado também traz melhor educação, saúde, segurança, moradia, alimento, vestuário, remédio, autoestima e respeito.

Foi graças a uma enxada que consegui pagar minha inscrição para o primeiro curso universitário. Eu, que nasci na roça, filho de família humilde, sei da importância do trabalho não só para por na mesa o leite, o pão, o arroz e o feijão, mas também para fazer as pessoas crescerem, desenvolver e sonhar.

Neste primeiro de maio temos que homenagear o trabalhador, mas é primordial também lembrarmos dos desempregados. É urgente a necessidade de criarmos políticas para colocar no mercado aqueles que estão fora das frentes de trabalho. Não podemos esquecer do sofrimento do pai de família, das mães desempregadas, dos jovem em busca da sua vaga neste complexo mercado.

Por isso, estou aqui para partilhar convosco algumas preocupações, mas também confiança e esperança. Quero reafirmar meu compromisso de lutar de forma incansável para que possamos ampliar os postos de trabalho no nosso estado.

Defendo que governos federal, estadual e municipal tem que enfrentar de imediato as questões como pobreza, desemprego, geração de trabalho e renda, pois essas interagem entre si e a melhor solução chama emprego. Com o trabalho remunerado o cidadão ganha, mas ganha também o município, o estado e a União.

Enquanto parlamentar estou lutando e vou continuar colocando todo meu empenho para que possamos unir forças para ampliar as políticas de emprego para que possamos agir no melhoramento tanto da profissionalização e da qualificação do trabalhador, quanto na inclusão ou recolocação no mercado de trabalho daqueles que tristemente estão fora.

Tais políticas terão que oferecer oportunidades inclusivas para que o indivíduo seja “empreendedor” do seu próprio negócio e/ou entre e se mantenha no emprego, seja por meio dos incentivos e investimentos realizados pelo Estado ou por ampliação e novas ações da iniciativa privada. Estou me referindo a possível entrada de novas industrias em nosso estado.

Acredito que o trabalho honesto e com remuneração condizente não só sustenta, mas honra e dignifica o ser humano. Há diversas profissões e afazeres, todas têm o seu valor, pessoas precisam de oportunidades.

Parabém a nós, os trabalhadores incansáveis! E que muito em breve possamos comemorar com mais e mais mato-grossenses esta importante data. Afinal, o trabalho é a busca do alento, do conforto e da vida com prazer e alegria.

Eduardo Botelho, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa licenciado