Minha história

Deputado Eduardo Botelho

Com a infância marcada por muito trabalho, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado José Eduardo Botelho (União Brasil/MT), nasceu 08/03/1959, em Nossa Senhora do Livramento. Filho de Benedito Caetano Botelho e dona Venina Vieira Botelho, tem nove irmãos e passou a infância no sítio Pirapora. Pai de quatro filhos, Botelho é casado com Sônia Meira Botelho.

Começou a trabalhar ainda na infância, junto com o pai na roça, serviço árduo, mas necessário para ajudar no sustento da casa. Depois foi morar em Cuiabá com a família. Com espírito empreendedor, começou a vender jornais pela manhã e balas na porta dos cinemas à noite, época áurea do Cine Teatro e do Cine Bandeirantes. Determinado, estudou na capital nas escolas públicas Leovegildo de Melo, Fernando Leite e Escola Técnica Federal. Formou-se em Engenharia Elétrica pela UFMT e em Licenciatura, com especialização em Matemática.

Mesmo diante das dificuldades financeiras, não mediu esforços para conquistar seu espaço profissional e ajudar a família. Conciliava o trabalho com os estudos e a vida foi melhorando gradativamente. Estagiou na Empaer; foi auxiliar de oficina na antiga Grecovel Veículos; professor de Matemática e Física em diversas instituições de ensino em Cuiabá e cidades do interior, como Diamantino. 

Botelho seguiu firme a luta, tanto que obteve êxito na carreira empresarial e pública. Dedicado ao trabalho, se destacou no antigo escritório regional da extinta Cemat, na década de 90. Época em que se desdobrava para levar energia elétrica aos mais distantes rincões mato-grossenses. Emociona-se quando lembra que até o seu ingresso na universidade a sua casa não tinha energia elétrica.

TRAJETÓRIA POLÍTICA – Com incentivos da família, em 2013, se filiou ao PSB, e se candidatou em 2014 pela primeira vez, sendo eleito deputado estadual com 40.517 votos. Municipalista, com mandato pautado em muito trabalho, tornou-se presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, no biênio 2017-2019.

Em 23.03.2018 se filiou no Democratas (DEM), sendo reeleito deputado estadual, em outubro do mesmo, ano com 33.788 votos de confiança da população mato-grossense. Em 01.02.2019 sagrou-se novamente presidente da ALMT, para o período de fevereiro de 2019 a fevereiro de 2021, oportunidade em que otimizou as ações proporcionando melhorias em todos os setores da Casa de Leis.

Em junho de 2020, lançou-se candidato à Presidência, sendo reeleito presidente da ALMT, tomando posse no dia 1º de fevereiro de 2021. Mas, por determinação do Supremo Tribunal Federal – STF, convocou nova eleição para a Mesa Diretora. Em 23 de fevereiro de 2021 foi eleito primeiro-secretário da ALMT, para o biênio 2021-2023.

Em 08.02.2022 Botelho passou a compor o partido União Brasil (UNIÃO), partido político brasileiro que surgiu da fusão entre Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM).